quarta-feira, 7 de maio de 2008

OS POPULARES DO ORKUT (APENAS UM DOS MEUS DEFEITOS)

Você tem Orkut? Quantos amigos você possui? Desses amigos, quantos você conhece pessoalmente? E dos que você conhece, com quantos tem contato atualmente?


Um, dentre os milhares de defeitos que tenho, é de jamais estar satisfeito com o que escrevo, nunca gosto dos meus textos. O que isso tem a ver com o começo do texto? Espere que você vai logo ver. Como eu ia dizendo, antes de você me interromper, eu tenho esse hábito de escrever, não gostar, e trancafiar os textos pelos porões sombrios de pastas que raramente volto a abrir. Faço isso com o intuito de tentar melhorá-los, salvá-los da mediocridade. Mas acabo esquecendo dos miseráveis. E quando quero falar sobre o mesmo assunto, geralmente faço um texto novo. Para se ter uma idéia, de cada texto postado, pelo menos uns quatro ou cinco são sacrificados.

Mas às vezes acontece o acaso de eu me deparar com discussões, notícias, ou seja lá o que for, mas o tema do texto abortado surge na mídia. Textos atemporais, claro que se eu falar sobre o caso Isabella ou o Ronaldinho e os Travecos, esse tema vai estar exaustivamente na mídia. Falo sobre temas corriqueiros, opinativos. Um exemplo é um texto que escrevi sobre o humor brasileiro. Nele digo que Chico Anysio é o maior humorista do Brasil, e meses depois vêm a turma do Pânico na Tv dizendo a mesma coisa. E outra coincidência é o texto que escrevi, aprisionei e me deparo com o mesmo tema nas chamadas do Yahoo.

Pois bem, o assunto da chamada e do meu texto era sobre os amigos do Orkut, intitulada no meu texto como “Os populares do Orkut” e no Yahoo como “Mil Contatos, Zero Abraços”.
Os textos, apesar da semelhança dos assuntos, são bem diferentes. No meu, eu digo que sempre duvidei das pessoas com milhares de amigos no site.

Quando vejo os populares do orkut, que tem várias centenas de nomes em sua lista de amizades, fico na dúvida: Será que ele (a) é tão popular fora do computador? Se for alguém famoso, tudo bem, passa, mas todos os populares que conheço são pessoas que passam horas e horas, finais de semana inteiros na frente do pc. São pessoas quietas, tímidas, introvertidas, que talvez sonhassem em ser populares na sua empresa, na faculdade, no bairro, mas que só através do orkut conseguem essa popularidade almejada. Mas será que eles estão errados? Não sei, não me cabe nem me interessa julgar, mas só me preocupo que essas pessoas acabam deixando de viver, aproveitar suas horas de folga, seus momentos de lazer para provar que são populares, que tem centenas de amigos, mas, todos virtuais. E que tratamento você está dando aos seus amigos reais, aqueles que te conhecem de verdade, que se preocupam com você, que te querem bem? As vezes devemos refletir se não estamos dando mais atenção aos amigos virtuais do que os reais. E se você pode, tem a oportunidade, porque ao invés de mandar uma mensagem desejando um bom fim-de-semana virtual não liga para seu amigo e diz isso para ele? Garanto que vai funcionar muito mais.

As vezes a tecnologia acaba facilitando tanto nossas vidas que trocamos atos carinhosos por meras mensagens virtuais. Vamos aumentar o diâmetro do nosso círculo de amigos, mas na vida real, no dia-a-dia, e não somente no virtual.

Não troque o real pelo virtual. Não fique só com os abraços dos scrapts, mas abrace seus amigos de carne e osso. Conheça alguns dos virtuais. Não deixe a vida passar a toa, não troque emoções por emoticons. Não fique apenas vendo suas fotos nos seus álbuns, mas esteja lá com eles, ria junto com eles, abrace-os, sinta sua pele, olhe nos seus olhos, ouça sua voz. Você vai ver que o real é infinitamente melhor que o virtual.


9 comentários:

Nina 512 disse...

por essas e por mts outras eu desfiz o meu orkut =D

Bianca Rieth disse...

Eu lembro bem quando fiz meu orkut, era aquela frebe, queria adicionar todo mundo que via pela frente, e também adicionava quem me procurava, muitas vezes sem conhecer a pessoa. Mas como isso tudo para mim foi um período, uma fase, e agora passou, comecei a repensar sobre o meu orkut, e um belo dia, puff! Fiz uma limpa, exclui quem eu não conhecia, os “amigos virtuais” foram diminuindo, e me senti aliviada. Hoje, penso diferente, só adiciono quem eu conheço.
Muitas pessoas se sentem as “pops” no orkut, por terem muitos amigos, e tal, mas daí vem à pergunta: será que elas são tudo isso na vida real?
Olha, gosto o orkut, acho uma ferramenta muito bacana, mas prefiro o contato pessoal.
Nada troca o contato pessoal.
beijos

Pedro Favaro disse...

Engraçado...
conheço UMA pessoa que é extremamente popular no orkut e fora dele...
Fora isso realmente, esse número em contatos é uma prova desesperada de dizer: - Ei, eu tenho muitos amigos e sou amado, viu.
Patético.

Emely disse...

Obrigado por cirandar
Volte sempre
=)

*PAz

a clara menina Clara disse...

Os meus textos também ficam um pouco guardados, mas dentro de mim. A minha gaveta é interna. Funciono a base de hormônio do amadurecimento, tipo folha, sabe?
As palavras vão se juntando aos poucos e saem de vez.E depois de prontinhas, elas não voltam e nem se refazem. Pra mim, escrever faz parte de um momento e esse, quase sempre, é único.

Quanto a nova onde do "virtual", sou meio suspeita para comentar. Tenho grandes amigos cuja distância nos impede o abraço. O orkut me abriu um mundo cheio de estrelinhas, lindo lindo. Concordo que o exagero faz mal, mas existem mil formas de abraço e mil formas de amar alguém.

Volta lá sempre!
beijo!

*Carol Porne* disse...

Olá!

Eu endosso a campanha Viva a Amizade Real...! Por mais que agora eu tenha acabado de ganhar mais um amigo virtual...obrigada pela visita viu?

Gostei demais do seu blog...bjos mil

Patty Diphusa disse...

Oie, dá licença?

Estou aqui na nimha primeira visita virtual e, de cara, concordo com vc. Mas, por outro lado, reencontrei tantas pessoas da vida real no Orkut que até gosto da ferramenta. Mas vale a discussão e o fato de vc ter pautado o Yahoo. rs.

Grande abraço, gostei do seu canto. Voltarei

Desarranjo Sintético disse...

Hum, pois é, eu demorei horrores para fazer orkut, talvez medo de mudança, sei lá, sei que entrei depois que todo mundo já tinha. Eu sempre deixei só pessoas conhecidas, talvez eu não tenha contatos com todas na vida real, mas eu deixo aqueles com quem estudei, ou j´ative convívio social, e quanto a estranhos, se acabam se distanciando, mesmo que virtualmente, s enão deixam mais recados e não me respondem, eu acabo excluindo, as vezes entro e faço umas "limpas", por isso que eu tenho mais comunidades que amigos.
É, é uma alternativa para os tímidos, mas tudo tem um limite, não adianta viver virtualmente e esquecer o convívio. É que nem jogar, não dá pra esquecer de brincar, de sair com os amigos para ficar jogando. Tudo em excesso é prejudicial!

Abraço.

www.desarranjosintetico.blogspot.com

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,